Clientes

Saiba agora quais os tipos de clareamento dental disponíveis!

Publicado em 6 de julho de 2020.

clareamento dentes

Realizar o clareamento dental está em seus planos? É bem provável que sim, afinal, o Brasil está entre os que mais consomem e investem em produtos para melhorar a aparência, seja do corpo ou do rosto.

 

Com isso, lançamos a pergunta: você está satisfeita (a) com sua aparência? Gostaria de melhorar algo em sua imagem?

 

Neste contexto, a busca por tratamentos odontológicos, é um dos principais desejos das pessoas, por exemplo. Se você, a exemplo de tantos brasileiros, procura por dentes mais brancos, o clareamento dental provavelmente é a solução para o seu sorriso se tornar ainda mais bonito.

Porém, você sabe quais são os tipos de clareamento dental disponíveis no mercado? Essa e outras dúvidas precisam ser respondidas para que as melhores escolhas sejam tomadas, não é mesmo?

Por isso, preparamos este post para falar mais sobre o assunto, como a procedência e o preço do clareamento dental, e lhe ajudar a optar pelo o que é mais vantajoso para você. Desse modo, este texto está cheio de informações nas quais você pode confiar. Preparado(a) para o nosso conteúdo? Então, leia até o final!

 

O que é um clareamento dental?

A insatisfação com a cor dos dentes é mais comum do que você possa imaginar. Um estudo científico divulgou que cerca de 55% das pessoas, das mais diferentes culturas e idades, não estão felizes com este aspecto.Você concorda que não ter dentes escurecidos é relevante para a sua imagem?

Caso isso seja importante para você, saiba que a aceitação da própria aparência pode ficar melhor, com a realização de algum tipo de clareamento dental.

O clareamento veio para suprir essa necessidade humana de possuir dentes mais brancos. Existem diversos tipos de clareamento dental, contudo, é importante dizer que ele apenas pode ser feito por meio de uma orientação profissional.

O procedimento não é somente estético. Ele exige o acompanhamento de um cirurgião-dentista. Sendo assim, é importante seguir o que a ciência da odontologia aconselha, ok?

O clareamento dental tem o intuito de restaurar a cor original dos dentes, utilizando diferentes técnicas e agentes clareadores.

Sim, isso mesmo. É a cor original dos dentes que é restaurada, mesmo que originalmente seus dentes sejam mais amarelados ou acinzentados. Desse jeito, o resultado fica mais natural.

 

Qual a causa do escurecimento dos dentes? 

Alguns fatores colaboram para que se necessite de algum tipo de clareamento dental. Com isso, confira as informações coletadas de um artigo científico brasileiro para que você tenha ciência das possíveis causas:

  • Pigmentações intrínsecas: são manchas causadas por fatores como a genética, idade, uso de determinados antibióticos, mudanças na formação dos dentes, traumatismo dental, doenças congênitas e algumas restaurações também podem ocasionar em manchas nos dentes;
  • Pigmentações extrínsecas: causadas de forma indireta ou direta, são manchas ocorridas por fatores como consumo de determinadas bebidas e alimentos, por exemplo: café, beterraba, chá e vinho. Além disso, o hábito de fumar é prejudicial, e também o uso de alguns antissépticos bucais e alguns hábitos de higiene.

Como pode perceber, vários fatores podem gerar essas manchas indesejáveis nos dentes. E você deve concordar que ter um sorriso mais branco é melhor para a sua autoestima e bem-estar, não é?

Ao verificar os tipos e o preço do clareamento dental, você tem em mãos, informações cruciais para a melhora da sua aparência. E vamos combinar que é muito importante estar bem consigo mesmo(a), né? Dar aquele sorrisão e sair bem nas fotos faz bem pra autoestima de todos!

 

Quais os tipos de clareamento dental existentes?

Existem diversos tipos de clareamento dental, e a escolha de um deles deve ser determinada pela sua real necessidade e condição.

Confira os principais tipos a seguir.

 

Clareamento dental caseiro

Essa técnica é amplamente conhecida e utilizada. O clareamento dental caseiro usa um gel clareador e uma moldeira de silicone. O uso do gel pode durar 30 minutos diários, ou 4 horas. Algumas pessoas dormem com o gel clareador, inclusive.

De todo modo, a orientação de todo o processo do clareamento dental caseiro deve ser passada pelo cirurgião-dentista da sua confiança, e você deve lembrar que essa técnica precisa muito da sua colaboração. Então, siga as orientações sugeridas.

No clareamento dental caseiro são utilizados elementos como peróxido de carbamida, com variação de 10% a 22%, ou o peróxido de hidrogênio, que varia de 4% a 8%.

 

Clareamento dental interno

Ele é realizado na parte interna dos dentes, a qual não aparece quando você sorri. Esse escurecimento pode ter diversas causas, inclusive sangramento e tratamento de canal.

Um gel clareador também é utilizado nesse tipo de clareamento dental, aplicando-o na parte coronária dos dentes. Todo o processo dura, em média, dois meses.

Além de causar melhora estética, é também gerada uma sensação de rejuvenescimento com a técnica, deixando você satisfeita com o resultado. Afinal, é extremamente significante que o seu sorriso esteja ainda mais belo, certo?

 

Outros tipos de clareamento dental

  • Clareamento dental no consultório: a pessoa interessada deve ir até quatro vezes no consultório para aplicação do gel clareador, que permanece nos dentes por uma hora cada consulta;
  • Clareamento dental a laser: com idas feitas até três vezes ao consultório do cirurgião-dentista, além do gel clareador, é utilizado também um laser para possível potencialização da ação.

É importante ressaltar que o preço do clareamento dental feito em consultório possui um custo um pouco mais elevado, contudo, o resultado é mais duradouro, revelando melhor custo x benefício.

 

Quais as contraindicações para o uso do clareamento dental?

Algumas pessoas devem evitar realizar qualquer tipo de clareamento dental. Um profissional responsável poderá lhe dizer mais a respeito.

Porém, é certo que pessoas menores de 16 anos e gestantes não devem realizar o procedimento, além das que possuem hipersensibilidade nos dentes.

Ademais, o resultado pode ser insatisfatório para pessoas fumantes, com risco de pigmentação.

É também relevante contar que ao realizar qualquer um dos tipos de clareamento dental, alguns alimentos e bebidas não podem ser ingeridos.

São alguns deles:

  • Café;
  • Refrigerante de cola;
  • Vinho tinto;
  • Suco de uva;
  • Chá preto.

Contudo, todas as orientações mais adequadas você consegue ao se consultar com o cirurgião-dentista. Jamais tente qualquer tipo de clareamento dental com técnicas caseiras que não possuem eficácia comprovadas cientificamente, como o uso de bicarbonato de sódio e casca da laranja. Essas são técnicas que são difundidas na internet, porém, porém, não são confiáveis e você não quer ter problemas, né?

Por isso, se você está insatisfeita (o) com a cor dos seus dentes, confie o seu sorriso a uma clínica odontológica com profissionais qualificados. É o caso da RedeOrto,  que possui somente tratamentos de qualidade para seus clientes, como os tratamentos com diferentes  tipos de clareamento dental.

 

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe o texto com seus amigos e redes sociais!

 

A REDEORTO conta com um time de especialistas em todas as áreas da odontologia. Agende agora mesmo uma avaliação e saiba mais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Postar Comentário