Clientes

Implante dentário: mitos e verdades

Publicado em 19 de fevereiro de 2021.

Implante Dentário

O implante dentário é um procedimento indicado para pacientes que perderam um ou mais dentes, seja por problemas de saúde bucal ou acidentes.

O tratamento cirúrgico é considerado simples, sem riscos graves à saúde, e é feito através da colocação de um dispositivo de titânio, que servirá de apoio a uma prótese semelhante à de um dente.

O implante dentário contribui para a correção de problemas de disfunções mastigatórios causa pela ausência do dente, assim como melhora da aparência.

É um procedimento muito comum, porém os pacientes têm muitas dúvidas sobre o assunto. Por isso, neste blog post você vai conferir alguns mitos e verdades sobre o implante dentário.

 

O implante dentário é indicado para qualquer pessoa

Mito. O tratamento é recomendado para os pacientes que tiveram a perda de um ou mais dentes. A maioria dos casos são em idosos, mas os jovens também podem fazer. Por exemplo, se um jovem sofreu um acidente e houve a perda do dente ele pode fazer.

Em resumo, qualquer pessoa que tenha uma estrutura óssea completamente desenvolvida e teve a perda do dente pode realizar o procedimento, com exceção de casos que não são indicados como gestantes, pacientes fumantes, pacientes em tratamento de quimioterapia ou radioterapia, também para aqueles pacientes que apresentam doenças como osteoporose e hepatite, sendo em todos estes casos não recomendável o tratamento.

É importante ressaltar que o paciente deve primeiramente fazer uma consulta onde o cirurgião dentista irá avaliar cada caso, diagnosticando se o paciente há ou não condições de realizar o procedimento com segurança.

 

Implante dentário dói

Mito. A colocação do implante é um procedimento simples, onde o cirurgião consegue vários dentes no mesmo dia.

A cirurgia consiste na implantação de uma peça de titânio ósseo no tecido, local onde o paciente receberá a prótese. É necessário fazer um corte na gengiva para a colocação do pino, porém é com bem simples, e com anestesia o paciente não sente nada.

Além disso não tem desgaste do dente, o que torna o procedimento ainda mais tranquilo.

Tudo isso pode ser feito no próprio consultório do cirurgião dentista, apenas com anestesia local e sem causar dor ao paciente.

No entanto o paciente pode sentir dor no pós-operatório, mas o médico irá receitar analgésicos e antibióticos tanto para evitar a dor e também o risco infeções.

Dessa forma, vale ressaltar que mesmo sendo um procedimento simples, o implante dentário é considerado uma cirurgia e o paciente deve seguir todas as instruções de cuidado, antes e pós cirúrgico, tomando todos os remédios e recomendações orientadas pelo dentista.

 

Há caso de rejeição do implante

Mito. A cirurgia é feita por uma prótese de titânio. Esse material se integra ao tecido ósseo de forma que não apresenta rejeição. Em alguns casos é necessário o enxerto ósseo, mas também não há caso de rejeição do material.

A rejeição é um medo de muitos pacientes, mas ela não existe. Isso porque o material utilizado é biocompatível. Atualmente a preferência é o titânio, um pino de metal que agrega facilmente à estrutura óssea.

O implante dentário tem uma alta taxa de sucesso com uma média de 98% de casos bem-sucedidos. E mesmo nos casos de insucesso a cirurgia pode ser refeita.

 

Quanto antes fizer o implante, melhor

Verdade. Se os dentes não forem substituídos em pouco tempo, ocorre o processo de reabsorção óssea, resultando na retração da gengiva. Quanto mais rápida for feita a reposição desses dentes, maiores as chances de sucesso da cirurgia.

 

O implante dentário é muito caro

Mito. Hoje existem diversos tipos de implantes dentários no mercado e isso pode interferir no valor. Porém, podemos dizer que o implante dentário já é um procedimento comum e feito por diversas clínicas que tornam o preço acessível.

O que pode interferir no valor também é a quantidade. Isso pode variar de um paciente que vai fazer o procedimento em apenas um dente, do paciente que precisará fazer em mais de um dente.

Por isso, é um mito falar que o implante dentário é muito caro.

 

O implante dentário é para sempre

Mito. O implante dentário pode durar muito ou pouco. Isso varia tanto pelo cuidado que o paciente tem durante a vida após feita a cirurgia assim como o tipo de implante utilizado.

Devemos lembrar que após feito a cirurgia o paciente fica com um “novo dente”, e que precisa ser cuidado da mesma forma que é cuidado os outros dentes, se o paciente não tem um cuidado, e uma boa saúde bucal, pode acabar interferindo no tempo de duração do implante dentário.

Podemos afirmar que em média um implante dura cerca de 15 anos, porém há casos de duração de 20 anos.

 

Se você ficou com alguma dúvida fale com os nossos especialistas ou agende a sua avaliação. Ah! E para saber mais sobre esse e outros assunto leia os outros artigos do blog REDEORTO.