Clínico23 março 2022

10 alimentos para manter a saúde bucal em dia

Alimentos que fazem bem para a saúde existem aos montes, principalmente os naturais. Saber o que comer para a saúde dos dentes é um passo importante para quem está atrás de práticas saudáveis para evitar doenças bucais.

 

Mas a busca por uma saúde bucal impecável é contínua e depende de vários fatores. Não existe fórmula mágica para dentes mais brancos, atalhos para um sorriso perfeitamente alinhado ou soluções ligeiras para problemas complexos.

 

Sabemos da importância de se visitar o dentista regularmente, realizar os tratamentos indicados e cuidar da higienização bucal. Conhecemos também alimentos que devemos evitar, como os com grau elevado de açúcar ou muito ácidos.

 

Porém, existem também alimentos que contribuem na remoção de sujeiras dos dentes, considerados “detergentes”, e outros que colaboram nutricionalmente e suprem carências que poderiam originar problemas bucais.

 

Os 10 principais alimentos que ajudam na saúde bucal são:

 

  • Maçã
  • Folhas escuras
  • Chia
  • Brócolis
  • Queijos e iogurtes
  • Peixes
  • Morango
  • Gengibre
  • Leite
  • Água

 

Maçã

 

A fruta é uma grande aliada na prevenção de cáries e doenças gengivais. Sendo rica em fibras, auxilia na limpeza natural dos dentes e aumenta a salivação, o que colabora com a neutralização do pH.

 

Folhas escuras

 

Couve, espinafre, rúcula e outras hortaliças do tipo ajudam a manter o pH bucal neutro, colaborando na prevenção da gengivite e cáries. Além disso, algumas dessas folhas contém ácido oxálico, o que potencializa a absorção de cálcio, vital para a saúde dos dentes. 

 

Chia

 

É uma semente conhecida como “superalimento” por ser repleta de nutrientes com diversos benefícios para a saúde. Um dos principais é o cálcio, que atua diretamente na formação e manutenção dos ossos e dos dentes.

 

Brócolis

 

Além do cálcio presente em grande quantidade neste vegetal, ele contém uma alta concentração de ferro. A junção destes dois nutrientes colabora ativamente na prevenção do desgaste do esmalte dos dentes.

 

Queijos e iogurtes

 

Muito cálcio está presente nos dois alimentos, mas eles vão além disso. Eles ajudam no controle do pH bucal, a caseína colabora na reparação do esmalte dentário e os probióticos combatem bactérias que causam placa bacteriana e mau-hálito.

 

Peixes

 

Ricos em flúor, que é colocado artificialmente na água e em produtos de higiene bucal, ajuda a prevenir a formação de cáries e placas bacterianas. O mineral está presente em peixes de água salgada, como salmão, sardinha e atum.

 

Morango

 

A fruta é a protagonista no quesito fortalecimento dos dentes. Por ser rica em vitamina C, vitamina com poder antioxidante, o morango colabora com a prevenção de problemas como perda óssea, placa bacteriana e inflamações na gengiva.

 

Gengibre

 

A raiz é um ótimo alimento para quem está sofrendo com a gengiva inflamada. Como o morango, ela atua como antioxidante e também tem propriedades anti-inflamatórias, combatendo a gengivite e outras inflamações.

 

Leite

 

Todo mundo sabe que o leite é uma boa e importante fonte de cálcio, mas o benefício da bebida não se limita a isso. O alimento ajuda com a neutralização do pH e protege contra a acidez de alguns alimentos, como o açúcar, que pode causar a desmineralização dos dentes.

 

Água

 

Por último, mas não menos importante, está essa substância vital para os seres humanos. Beber água ajuda a “lavar” e remover resíduos de alimentos nos dentes e, mantendo a boca hidratada, estimula a salivação e evita a proliferação de bactérias.

Você também pode se interessar por:
Por que o dente do siso dói?Para muita gente, o dente do juízo significa amadurecimento, já que ele começa a nascer no início da vida a adulta, mas, para a grande maioria, os terceiros molares, como também são conhecidos os sisos, representam muita dor.
Clínico10 junho 2022
O que é bruxismo, o ato de apertar e ranger os dentesJá se deparou com você mesmo apertando os próprios dentes com muita força, pressionando a arcada superior contra a inferior, rangendo a dentição, chegando até mesmo emitir sons por conta do atrito?
Clínico28 abril 2022